cartão de crédito

Cartão de crédito – Para quê e como usá-lo?

Está cada vez mais comum empresas que aceitem cartão de crédito para pagamento, o que significa que você pode optar por essa meio de pagamento para quase tudo. Na verdade hoje em dia o dinheiro é cada vez mais um pedaço de plástico e números digitais do que moeda em especial. Mas, vem cá: será que você realmente deveria usar o seu cartão de crédito?  Você pode até acumular pontos para viajar, entre outras benesses, mas existem armadilhas potenciais a serem observadas.

Primeiro, você acumulará dívidas se não puder pagar sua conta integralmente todos os meses. Além disso, o uso de crédito pode dificultar o cumprimento de um orçamento, já que você possui o poder de compra, sem a preocupação imediata do pagamento. Vários estudos mostraram que o uso de crédito faz com que algumas pessoas gastem mais do que deveriam. Além disso, grande parte dos devedores acusam o cartão de crédito como o grande vilão do início de sua complicação financeira.

No entanto, se você puder se manter disciplinado, há muitos benefícios em usar cartão de crédito. Aqui estão algumas dicas que você deve seguir:

0 - Antes de mais nada: estabeleça um limite adequado!

O primeiro passo para não se enrolar com o cartão de crédito é estabelecer um limite adequado a sua realidade. Para fazer isso é muito simples: elenque TODOS os seus compromissos mensais fixos, ou seja, tudo o que você terá que pagar, impreterivelmente. São as contas já adquiridas que chegam todo mês, geralmente de serviços contratados relacionados à moradia, estudos e aquisição de bens. Depois que você tiver o número em mãos fica fácil! Vamos supor que os seus compromissos mensais fixos são de R$ 2.000,00 e que as suas receitas líquidas mensais são de R$ 3.000,00. Subtraindo um pelo outro você encontra que o limite máximo do seu cartão de crédito deve ser de R$ 1.000,00! 

Aconteça o que acontecer, o ideal é que ele não seja ultrapassado nem aumentado. Se isso acontecer a coisa já começa a complicar!

1-Usando o cartão de crédito a favor da sua manutenção financeira mensal

Usar cartão de crédito sem um planejamento adequado é provavelmente a pior ideia de todos os tempos, mas você pode permanecer no caminho certo se usar seus cartões de crédito como parte do processo de orçamento mensal. 

O bom uso de um cartão de crédito para as compras variáveis pode render um bom desconto ou uma boa pontuação no final do ano, mas você deve garantir que o limite esteja realmente adequado ao seu orçamento para não se enrolar com as faturas.

Para garantir que o crédito funcione para você (e não contra você), use seu cartão de crédito para obter essas recompensas, mas verifique seu orçamento e fatura periodicamente para garantir que você esteja no caminho certo.

Ah, por falar nisso: tenha somente 1 cartão de crédito! Novamente atenção com o limite que você colocará.

2-Pague sempre o valor total da fatura

Pagar qualquer valor abaixo do valor total da fatura é o começo do fim! Os juros do cartão de crédito são os mais altos do mercado e optar por parcelar ou adiar o pagamento total com certeza irá acumular um saldo praticamente impagável. Dependendo da ocasião, se a dívida se estender a vários meses, ela pode chegar facilmente a 4, 5 vezes (ou mais) o valor da dívida original.

3. Acompanhe seus gastos religiosamente

Diferentemente do dinheiro, o crédito cria vestígios que você pode usar a seu favor. É mais relacionar os seus gastos com seu orçamento mensal quando você registra suas compras, permitindo que você verifique se está no caminho certo para o mês, sabendo inclusive um pouco mais de seu perfil como consumidor.

4-Use apenas o cartão de crédito para compras que você planeja fazer de qualquer maneira

As pessoas costumam ver o crédito como uma permissão para gastar mais. Se o seu novo cartão a/o instigou a repaginar os móveis da sua sala de estar ou jantar incessantemente para acumular pontos extras, isso significa que as recompensas do cartão de crédito podem levar você a se perder.

Idealmente, você deseja usar o crédito como se fosse dinheiro e apenas para compras que planejava fazer de qualquer maneira. Por exemplo, se você está trocando de casa e precisa pagar a mudança, é um bom momento para sacar seu cartão de crédito. 

Nessa pegada de minimizar dores de cabeça, não deixe de ler o texto da Martello EF sobre Taxas bancárias e como evitá-las.

 

5-Nunca parcele suas compras

Se você pensa que ver valores menores dói menos, experimente pensar somando todos eles! Um raciocínio muito bom e bem razoável a se fazer é: se eu não tenho dinheiro para pagar à vista, significa que é melhor eu não ter isso! 

Se você opta por parcelar e amanhã você tem alguma emergência ou grande imprevisto, como uma demissão, por exemplo, quais os impactos dessa dívida adquirida no seu orçamento?

 

6-Aproveite as valiosas proteções ao consumidor

Muitos cartões de crédito que oferecem recompensas vêm com muitas proteções ao consumidor. A maioria dos cartões de recompensa oferece responsabilidade zero de fraude para iniciantes, o que significa que você estará totalmente livre se alguém usar seu cartão ou números de cartão para fazer compras fraudulentas.

Alguns cartões também vêm com vantagens, como garantias estendidas, proteção de compra e devoluções garantidas. Além disso, os melhores cartões de crédito para viagens costumam trazer benefícios relacionados, como seguro de cancelamento, interrupção de viagem, cobertura de aluguel de automóveis, seguro de atraso de bagagem e seguro de acidentes de viagem.

Além disso os aplicativos costumam facilitar e prteger bastante a vida do consumidor.

Só fique bem atento para cobranças de taxas adicionais para utilização de qualquer desses serviços!

7-Centralize todas as suas contas variáveis no cartão de crédito

Uma forma de tirar o máximo proveito do seu cartão de crédito é usá-lo para todos os seus gastos variáveis, até mesmo os menores como o cafezinho da padaria!

Além de ajudar na gestão de gastos você irá acumular mais pontos e milhas. Obviamente, isso só é verdade se você puder usar o crédito a seu favor e evitar todas as armadilhas que comentamos!

 

Esperamos que todas essas dicas ajudem para que você faça as pazes com o seu cartão e que ele seja a partir de agora, definitivamente, um aliado e não inimigo de suas finanças pessoais!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

Falar no WhatsApp
💬 Precisa de ajuda?